Total de visualizações de página

sábado, 28 de janeiro de 2017

Penne com alcachofra

Amigas!!!!

Fim de semana pede um bom macarrãozinho!!!!!
Prático e rápido de fazer, é um quitute que todo mundo A-DO-RA!!!!!
Se você estiver então com terceiras intenções, convide o bofe da hora e prepare essa receita matadora!!!

Confira:



Ingredientes

2 colheres de sopa de cenoura ralada
350 gs de penne cozido
70gr de fundo de alcachofra picados e cozidos
2 tomates cortados em cubos
3 colheres de sopa de azeite
2 colh de sobremesa de alho triturado

Ingredientes do molho

1 colheres de sopa de cebola picada
2 colheres de sobremesa de manteiga
100 ml de leite
100 ml de creme de leite
2 colheres de sopa de queijo parmesão ralado
Maisena para dar ponto

Modo de fazer

Para preparar o molho, junte aos poucos todos os ingredientes e mexa por aproximadamente 7 minutos em fogo e reserve.                                                                                                                      Feito isso, pegue o penne já cozido e refogue-o com o alho triturado.
Misture a alcachofra e a cenoura por mais 3 minutos. 
Desligue o fogo, coloque a massa numa travessa, misture o molho branco já pronto e pulverize com um pouquinho de queijo ralado.                                                               
Sirva bem quente.

DICA: Sei que fundo de alcachofra é um pouco caro, portanto compre numa delicatessen ou supermercado a granel. Fica mais barato e você só precisa mesmo de 70 gramas.                            Aproveite e dê uma espiada nas promoções de vinho.
Um tinto bem encorpado fica di-vi-no com esta receita.
Capriche bastante, ok?
No fundo, no fundo, no fundo, você está investindo é no seu futuro!!!!!!!!

Beijocas da KIKI
                                                                                                                                      

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Você sabe evitar o desperdício?

Queridas amigas,

Desperdiçar nos dias de hoje é uma atitude politicamente incorreta.
A economia sofre, o planeta perde e nosso rico dinheirinho acaba.
Muitas vezes desperdiçamos porque não estamos “ligadas” o suficiente nos pequenos detalhes, e ao não tomarmos conhecimento de pequenas coisas que poderiam ser fundamentais na economia do nosso dia-a-dia, grande parte de nosso dinheiro vai literalmente para o ralo.
Veja abaixo algumas atitudes que ajudam a evitar o desperdício.

Confira:


Saiba que grande parte da energia gasta é com iluminação dos ambientes. Acostume-se a apagar as luzes quando sair do cômodo.
Se você estiver fazendo a manutenção da casa, aproveite para pintar as paredes e o teto de branco ou cores claras. Isso ajuda a refletir a luz e iluminar o ambiente. Assim você poderá usar lâmpadas mais fracas que gastam menos energia.
A limpeza periódica das lâmpadas e luminárias ajudam a iluminar melhor e não será necessário ascender mais lâmpadas.
Escolha luminárias e cúpulas claras e abertas para a luz passar facilmente.
Acostume-se a não usar luzes durante o dia. Abra as cortinas e aproveite a luz do sol. Isso ajudará também a arejar a casa.
Lâmpadas frias (fluorescentes) duram mais e consomem menos energia. Lâmpadas incandescentes (amarelas) consomem mais energia.
As de LED apesar de mais caras, duram muito mais e não esquentam, portanto são mais econômicas.



Utilize a máquina de lavar roupas, louças e secadoras somente quando estiver com capacidade máxima. A economia de água e energia elétrica será substancial.
Procure fazer a manutenção de suas torneiras e válvula de descarga, logo que apresentarem problemas. Esses vazamentos consomem muita água.
Procure colocar arejadores nas torneiras. Eles misturam oxigênio com água e reduzem em até 50% do consumo.
Cuidado com banhos muito demorados. Acostume-se a fechar o registro de água enquanto se ensaboa.Faça o mesmo ao escovar os dentes.
Determine um dia na semana para passar toda a roupa da casa e da família. Ligar o ferro elétrico várias vezes na semana triplica a conta da luz.
Aprenda a aproveitar as sobras de comida da sua geladeira. Recicle os alimentos. Misture restos de frios no arroz ou molho de tomate, desfie aquele pedaço de frango que sobrou e faça um empadão e quando for fazer salada de folhas frescas, limite-se a comprar a quantidade só para o dia. Folhas não duram e são difíceis de serem reaproveitadas.

Sugestões de como utilizar algumas sobras:



Carnes e aves assadas ou cozidas: desfie e use para ensopados, risotos; caso sejam moídas podem dar ótimos croquetes, recheios para pastéis, saladas ou omelete.
Arroz: bolinhos, canjas, risotos, sopas.
Feijão: tutu, mexido, sopa, salada.
Pão: pudim, torrada, farinha de rosca, rabanada.
Frutas maduras: doces, bolos, sucos, vitaminas e geléias.

IDÉIAS:


Faça um corte superficial em volta das batatas. Coloque-as para cozinhar. Depois de cozidas, coloque-as num recipiente gelado. A casca irá se soltar facilmente e evitar o desperdício da mesma.
Para tornar fresco o pão amanhecido, basta umedecer levemente com água ou leite e levar ao forno quente por alguns minutos.
Não jogue fora os talos de agrião, cenoura, beterraba, couve e outras verduras e legumes. Estes talos contêm vitaminas, minerais e fibras. Limpe pique e refogue com temperos naturais. Misture ao seu arroz, na omelete, ou invente algo novo.Você terá um acompanhamento delicioso e nutritivo. Todas as folhas verde-escuras são ricas em ferro. Não deixe de aproveitá-las.
Se não for comer o pãozinho, o bife, ou o bolinho inteiro, corte a metade com uma faca. Fica difícil aproveitar o que já está mordido.

AH!!!!! Ensine as crianças a serem politicamente corretas, afinal é pra elas que estamos deixando este planeta.

Beijocas da KIKI

sábado, 14 de janeiro de 2017

Salada Balinesa

Olá meninas,

Continuando nosso regime de verão, repasso para vocês a minha salada "premium"!!!
Trata-se de uma salada de-li-ci-o-sa, e que faz parte do meu arquivo de receitas especiais.
Apelidada pelas pessoas que  já tiveram o privilégio de experimentá-la de “salada dos deuses”, é gostosa e de paladar surpreendente.
Fácil de fazer, rápida e barata, causa um verdadeiro “frisson” quando é degustada.
Linda e colorida, entusiasma tanto os olhos quanto o paladar.

Confiram:


Ingredientes

2 xícaras de broto de feijão lavado e escorrido
1 xícara de cenoura picada em tirinhas
1 xícara de pimentão amarelo em tirinhas
1 xícara de pimentão vermelho em tirinhas
1 xícara de pimentão verde em tirinhas
1 xícara de manga picada em tirinhas
1 xícara de kani-kama em tirinhas (opcional, mas eu coloco e agrega sabor).
1 xícara de passas brancas sem caroço e previamente hidratadas
1 punhado de salsinha picadinha (opcional).

Molho

1 xícara de azeite extra- virgem
1 colher de sopa de shoyo (tempero japonês)
1 colher de sobremesa de mel
1 colher de sobremesa de vinagre balsâmico
1 colher de café de alho picadinho
1 colher de sopa de mostarda amarela


Preparo

Misturar tudo muito bem para que todos os ingredientes do molho se incorporem.
Agregar à salada e servir.
 Fica bem crocante e gostosa. O pulo do gato é cortar tudo bem fininho no maior capricho.
Um luxo, não?
Guarde na manga esta receita e só a utilize num jantar romântico, numa comemoração especial ou num jantar de desagravo.
OBS: Essa receita serve 4 pessoas.


Beijocas da KIKI

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Gratin de abobrinha com queijo de cabra

Oi meninas!!!!

Chegou a época do ano de aprender receitas light!!!
Sim!!!!!! A farra acabou!!!!!!!
E pra poder seguir uma dietazinha com resiliência, a ordem é procurar receitas diferentes e provar novos paladares.
Assim garante-se a continuidade do emagrecimento sem sucumbir às famosas pisadas na jaca.

Confira:



( receita tirada do site: www.dojeitoh.com.br)


Ingredientes:
600 g de abobrinha fatiada
280g de queijo de cabra (use se preferir ricota ou cottage).
3 colheres de sopa de azeite
1 cebola picada 2 colheres de sopa de farinha integral
1 3/4 copos de leite desnatado quente
1 xícara de chá de aveia em flocos
1/2 xícara de chá de bolacha integral light esmigalhada
1 colher de sopa de queijo parmesão ralado light (uso o Faixa Azul)
Pan (ou azeite)
Sal e pimenta a gosto
Modo de fazer:
Pré aqueça o forno a 190 graus. Unte com Pan uma frigideira e coloque em fogo médio para alto. Cozinhe as fatias abobrinha aos poucos. As fatias devem ficar uma ao lado da outra, sem sobrepor. Cada fatia deve ficar em torno de 1 minuto e meio e depois ser virada para cozer o outro lado.
Depois de todas as fatias cozidas, disponha em uma assadeira intercalando uma camada de fatias de abobrinha e uma de queijo de cabra. Umas 3 camadas. Em uma frigideira coloque o azeite e refogue a cebola até dourar em fogo médio. Adicione a farinha e cozinhe por 1 minuto. Depois adicione o leite quente e cozinhe por mais 2 minutos ou até o molho ter engrossado um pouco. Coloque sal e pimenta a gosto.
Derrame sobre a assadeira de abobrinha. Jogue por cima uma mistura da bolacha light esmigalhada, da aveia e do queijo parmesão. Asse por uns 20 minutos ou até borbulhar.
Então... Já começou a salivar????
Beijocas da KIKI

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

8 dicas para o calor

Querida!

Tá sofrendo muito com o calor????
Antes de literalmente derreter, leia abaixo as dicas preciosas de um dos meus sites preferidos: www.efetividade.net
São 8 dicas ótimas para enfrentar o verão tropical quando o ar condicionado e a piscina não estão à disposição, ou simplesmente não cabem no bolso.
Viver o verão brasileiro, principalmente o carioca é um desafio diário!  E sem ar, sem praia e sem piscina é preciso criatividade e informação.

Confira:


Spray refrescante: mantenha na geladeira um borrifador (deve ter na seção de jardinagem do seu hipermercado favorito) com água pura. Quando precisar se refrescar rapidamente, borrife-se (sem encharcar) um pouco de água fria, começando pelos pés ou pelos pulsos (para aproveitar um efeito positivo da circulação sanguínea). Tanto a temperatura da água quanto o efeito da evaporação farão bem. Com um pouco de procura em lojas de artigos de praia, você encontrará um borrifador integrado a um mini-ventilador movido a pilhas, que por aqui faz diferença mesmo se a água estiver na temperatura ambiente.
 
Ventilador ao contrário: à noite, se a temperatura da rua estiver mais fresca que a do seu quarto, experimente colocar um ventilador na janela – mas apontando para fora. Devido aos efeitos físicos envolvidos, jogar o ar quente do quarto para fora é mais rápido e eficaz do que jogar o ar fresco da rua para dentro.
 
Tome banho com alguma janela aberta: a saturação causada pelo vapor do chuveiro preso no ambiente impede todos os outros mecanismos naturais que o seu corpo poderia usar para reduzir a sensação do calor com base na evaporação.
 
 

Ventilador de mesa: uso há anos um ventilador USB. Quando é necessário usar o computador no calor, ajuda poder apontar um mini-ventilador para o meu rosto. É barato, fácil de encontrar, e basta plugar e já estará funcionando. É possível encontrar também um ventilador elétrico de mesa (tenho um em casa, da marca FAME, comprado no ano passado de baixo consumo (15 w), que serve para a mesma aplicação, embora gere um pouco mais de vento e dispense o computador; -) Vale lembrar que um ventilador sozinho não reduz a temperatura ambiente, apenas tendo efeito sobre a sensação térmica.
 
AC dos desesperados: se o que você precisa é se refrescar rapidamente, coloque uma bandeja de gelo em frente ao seu ventilador ligado e apontado para você. Não conseguirá refrescar um ambiente, mas pode fazer você se sentir melhor. Mas cuidado com a água que vai se formar, especialmente evitando que ela se combine à eletricidade do aparelho.


 
Roupa de verão: os tecidos sintéticos modernos típicos de trajes de atletas têm sua utilidade para quem passa calor no dia-a-dia, pois são projetados para afastar rapidamente da pele o suor, movendo-o para onde evaporará. Se preferir roupas de algodão, o melhor é que sejam folgadas, permitindo que haja espaço entre a pele e a roupa, e a evaporação do suor ocorra.
O verão favorece a carteira das poucagranas!!!! Menos é mais!!!!


Comida de verão: além de se hidratar bastante ingerindo líquidos (especialmente os sem álcool, sem cafeína e sem adição de açúcar), vale a pena incluir na dieta mais itens fáceis de digerir, especialmente as saladas e as frutas – com bônus extra se você escolher as que contêm bastante líquido, como a melancia, por exemplo. Não é preciso dispensar completamente o churrasco e a feijoada, mas o ideal é reservá-los para momentos em que você não terá que enfrentar o calor logo depois!
 
Durma como os egípcios: o “método egípcio” descrito pelo Lifehacker envolve duas toalhas grandes, uma seca e outra que você deve molhar e depois torcer (ou passar rapidamente pelo ciclo de centrifugação da máquina de lavar) para que não fique encharcada. A toalha seca é colocada na cama como se fosse uma colcha, e com a toalha úmida você se cobre. Enquanto a umidade estiver evaporando, a sua sensação térmica será melhor do que a do ambiente. Quando ela secar, é só remover, mas aí você já terá conseguido o mais difícil, que é fazer o sono surgir numa noite quente demais.


 Além destas PRECIOSIDADES, não se esqueça de que o calor deve ser combatido com a ingestão de muuuuuitoooo líquido, de preferência água.

Não deixe que o calor estrague o seu verão!!!

Beijocas da KIKI